Um empresário do ramo de medicamentos, que segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) é considerado um dos principais alvos da Operação Panaceia, deflagrada na manhã desta segunda-feira (21), foi preso por posse ilegal de arma, após ser flagrado com um revólver. A operação cumpre 12 mandados de busca e apreensão em Salvador e Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros da capital, contra grupo empresarial do ramo de distribuição de medicamentos suspeito de sonegar R$ 39 milhões em impostos.

De acordo com a SSP-BA, a arma calibre 38 foi localizada quando policiais civis realizavam buscas no apartamento de luxo onde mora o empresário, no bairro de Itaigara, em Salvador. Computadores, telefones celulares e documentos também foram apreendidos no local.

“Ele é um dos nossos principais alvos. Encontramos um revólver sem documentação e foi dada voz de prisão em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo”, disse a titular da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap), delegada Márcia Pereira. O homem será encaminhado para a sede da Dececap e ficará à disposição da Justiça.

Ordens judiciais estão sendo cumpridas também em residências, nos bairros de Horto Florestal e Pituba e em empresas no bairro de Pirajá e Rio Vermelho, além de endereços, na cidade de Feira de Santana.

Compartilhar