A Polícia Militar da Bahia completou 195 anos nesta segunda-feira (17) e apresentou, juntamente com os órgãos da segurança pública que atuarão na maior festa popular do mundo, o planejamento da Operação Carnaval 2020, no Fiesta Convention Center, no bairro do Itaigara.

O encontro contou com a participação do governador Rui Costa, do secretário da segurança pública, Maurício Teles Barbosa, do comandante geral da PMBA, coronel Anselmo Brandão, do comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Francisco Telles, oficiais e praças da corporação e outras autoridades.

Na primeira parte do evento, o comandante geral da PMBA passou orientações para a tropa sobre o policiamento durante o carnaval e destacou a criação da patrulha integrada da Operação Ronda Maria da Penha e do Batalhão de Choque. “Estamos lançando a patrulha integrada, que irá atuar no circuito Dodô, acompanhando casos específicos de agressões às mulheres. Nós estamos atentos e essa será nossa contribuição para a redução destes casos. Estamos trabalhando para melhorar a cada ano”, declarou o comandante.

A PMBA vai atuar com 23 mil policiais militares em toda Bahia. O efetivo estará distribuído na capital baiana (três circuitos e nos 9 carnavais de bairro), nas cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS), nas rodovias estaduais e nos municípios do interior. Na capital baiana a PM vai fazer o policiamento com o emprego de patrulhas, nos 42 portais de abordagem, nos 216 postos elevados de observação e em 40 postos de comando, de forma a preservar a ordem pública e oferecer mais segurança para baianos e turistas.

O esquema de segurança terá o apoio operacional de viaturas (carros, motos e caminhões), cavalos, helicópteros, drones e aviões do Grupamento Aéreo (Graer) da PM. Serão utilizados detectores de metal, câmeras de monitoramento, inclusive com reconhecimento facial e cães farejadores.

Durante a programação, o secretário Maurício Barbosa fez um resumo do plano de ação da pasta. Assim como, o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, Francisco Teles, o delegado geral da Polícia Civil, Bernardino Brito, e o diretor geral do Departamento de Polícia Técnica (DPT), Elson Jeferson, detalharam os seus respectivos planejamento operativos.

Ainda durante a cerimônia, o grupo de Teatro da PM apresentou uma esquete com situações vivenciadas pelas patrulhas no carnaval e celebrou os 195 anos da corporação, com a participação da Banda de Música Maestro Wanderley e com direito a bolo e parabéns.

Compartilhar