Uma operação policial apreendeu cerca de 17 celulares no Conjunto Penal de Paulo Afonso, no norte da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, a investigação apura o envolvimento de dois internos suspeitos de ordenar homicídios de dentro da unidade penal.

Segundo a polícia, a apreensão aconteceu em dois pavilhões do presídio, na quinta-feira (4). Não há detalhes de como os aparelhos chegaram às celas e nem a identidade dos suspeitos.

Conforme a polícia, a operação contou com o apoio de policiais penais e os aparelhos apreendidos devem ser periciados no Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade.

Compartilhar