Um ônibus que transportava cerca de 10 rodoviários para a garagem de uma concessionária de transporte coletivo foi assaltado na madrugada desta quinta-feira (17), no bairro da Capelinha de São Caetano, em Salvador.

O assalto aconteceu por volta das 3h30 e foi praticado por um homem armado, que ainda não foi identificado. No momento do crime, o ônibus seguia para Pirajá. O suspeito levou celulares e dinheiro dos rodoviários.

O motorista do ônibus que transportava o grupo contou que o suspeito estava escondido e surpreendeu o grupo ao abordar o grupo com arma em punho.

“Entramos na Capelinha do São Caetano e, logo depois de uma curva, o meliante saiu de trás dos carros e apontou pistola em direção a mim. Eu fui obrigado a parar o veículo, ele entrou saqueou todo mundo, voltou pela porta da frente levou meu celular também. Depois desceu e seguiu. Ele estava nervoso, teve momentos que ele agiu com violência quando queria um celular melhor”, contou ele.

O motorista disse ainda que, na linha de transporte regular, ele já foi assaltado várias vezes. Para ele, a insegurança é constante.

“Na linha normal, fui assaltado seis vezes. Na panha [transporte de buscar e levar profissionais] é a primeira vez. É complicado, saímos para trabalhar para sustentar nossas famílias e ficamos a mercê da violência”, avaliou.

Os rodoviários registraram a ocorrência na delegacia do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc).

No começo de julho, outro ônibus de transporte dos rodoviários foi assaltado, com cerca de 70 pessoas no veículo. Na época, os profissionais relataram a violência usada na ação e agressões por parte dos suspeitos.

O crime aconteceu também durante a madrugada, no bairro do São Caetano, que fica na mesma região da Capelinha.

Compartilhar