Após divulgação de uma carta aberta intitulada, “Um sonho não morre”, o secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates (PDT) anunciou que não será mais candidato à prefeito de Salvador em 2020.

“Quis o destino que eu estivesse na cadeira de secretário de saúde quando testemunhamos Salvador encarar um dos seus maiores desafios, a guerra contra o Novo Coronavírus. Frente a este momento entendi que os planos tinham mudado, o meu objetivo de cuidar das vidas do povo de Salvador ainda não viria pela disputa eleitoral, mas pela dedicação ao cargo que já ocupava na saúde do município”, declarou.

Leia na íntegra:

Um Sonho não morre

Amigas e amigos,

Muito vem sendo especulado em relação à minha participação no pleito eleitoral deste ano, e por isso sinto que é necessário tocar neste assunto agora. Governar a cidade onde nasci sempre foi um desejo pessoal, são mais de 20 anos de vida pública almejando aquilo que este ano cheguei tão perto de alcançar: conversar com cada cidadão, e edificar junto a tantas outras mãos uma proposta para tornar Salvador um cidade mais justa e igual para todos. Porém, nunca deixei de confiar em Deus, meu principal mentor, e todos os sinais que ele esteve me enviando ao longo desse tempo.

É por isso que acredito não ter sido à toa o convite que recebi em 2019, para comandar a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza. Ao ingressar no executivo assumi um grande risco e coloquei muitos projetos na gaveta, contudo confiei nos planos divinos, me dediquei e o bom trabalho desempenhado na SEMPRE, me abriu as portas para um desafio ainda maior na Secretaria Municipal de Saúde. 

Quis o destino que eu estivesse na cadeira de secretário de saúde quando testemunhamos Salvador encarar um dos seus maiores desafios, a guerra contra o Novo Coronavírus. Frente a este momento entendi que os planos tinham mudado, o meu objetivo de cuidar das vidas do povo de Salvador ainda não viria pela disputa eleitoral, mas pela dedicação ao cargo que já ocupava na saúde do município. 

É do conhecimento de todos que em janeiro ingressei no Partido Democrático Trabalhista (PDT) com o objetivo de junto aos líderes dessa legenda, construir uma proposta que dialogasse com os sonhos e anseios do nosso povo soteropolitano. Desde o primeiro momento fui recebido de braços abertos pelos amigos Ciro Gomes, Carlos Lupi e Felix Mendonça Jr., e por isso sou eternamente grato.

Tão logo, os obstáculos para a viabilização da minha candidatura foram aparecendo, o PDT lutou com todos os recursos para que o nosso projeto prosseguisse vivo, e quero deixar um agradecimento especial ao presidente nacional do meu partido, Carlos Lupi, um verdadeiro irmão de luta neste processo. Porém sinto que é coerente manter as vidas de milhões de soteropolitanos acima de anseios pessoais, entretanto tenho certeza que este sonho não acabou, foi apenas adiado.

Assim seguirei desempenhando o meu trabalho com máxima dedicação, fato que aqueles que me acompanham há mais tempo, sabem que é a marca da minha trajetória. As decisões definitivas serão tomadas em momento oportuno em conjunto com o partido, mas a nossa principal luta segue firme, um PDT mais forte em toda a Bahia, em prol de um verdadeiro projeto de desenvolvimento nacional.

Leo Prates
Secretário Municipal de Saúde e Deputado Estadual Licenciado

Compartilhar