O padre Abel Pinheiro, atual pároco da Catedral Basílica de Salvador, comemora a finalização de projetos desenvolvidos nos últimos doze anos: a revitalização do Palácio Arquiepiscopal de Salvador (Palácio da Sé) e da Igreja de Sant’Ana, em Nazaré.  Esta semana, ele recebeu o termo do BNDES que marca a conclusão formal dos trâmites do financiamento obtido para as obras de restauro. As duas obras consumiram investimentos da ordem de R$ 29 milhões, a maior parte financiadas pelo banco de desenvolvimento. O Palácio já se encontra aberto ao público.

respeitando os limites das normas vinculadas à pandemia que enfrentamos e a Igreja foi reaberta há dois anos. O termo do BNDES representa que todos os trâmites e entrega dos projetos foram fielmente cumpridos, permitindo que novas iniciativas de recuperação do patrimônio histórico e arquitetônico da cidade de Salvador sejam realizadas. “Estamos muito felizes, com a sensação de dever cumprido. Temos muito a fazer ainda pela nossa cidade”, disse Abel Pinheiro.

Compartilhar