O secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates (DEM), afirma que segue com sua pré-candidatura para prefeito. Na última segunda-feira, 6, o prefeito ACM Neto (DEM) anunciou seu pré-candidato, o vice-prefeito Bruno Reis (DEM).

Durante entrevista ao programa na Rádio A TARDE FM, na manhã desta quarta-feira, 8, Prates contou que não foi ao evento de lançamento da pré-candidatura de Bruno Reis porque se encontra ainda no processo de mudança partidária. O secretário está deixando o DEM para entrar no PDT, mas aguarda a liberação do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para evitar a perda do mandato de deputado.

“Estamos aguardando a decisão da Justiça Eleitoral, a partir disso vamos começar a correr a cidade. O meu sonho é que minhas ideias possam representar os anseios de Salvador”, disse.

Segundo Prates, a Corte eleitoral deve decidir seu processo até 25 de janeiro. “Logo após o julgamento do processo, quero ter uma conversa definitiva com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e com o presidente aqui na Bahia, o deputado Félix Mendonça Júnior”, apontou o secretário.

Ao fazer um aceno para a população negra, o pré-candidato citou Martin Luther King Jr e defendeu falou da luta pela igualdade social. “O próximo prefeito terá o desafio de combater a desigualdade social”, afirmou.

Compartilhar