Farmácia não é lugar apenas para comprar remédio. De acordo com dados da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) o número de estabelecimentos com saladas de farmacêuticos (care centers) quase triplicou nos últimos 12 meses na Bahia. As salas desse tipo saíram de 33 para 81 – um aumento de 197% – nesse período no estado através das redes Indiana, Pague Menos e RD (Gente, Saúde e Drogasil).

Nesses locais, os usuários podem agendar atendimento para fazer revisão de medicamentos, ter acompanhamento do tratamento prescrito pelo médio, checar o nível do diabetes e hipertensão, aferir a pressão, controlar a arma e serem imunizados ou receber informações sobre como regular o colesterol do sangue.

Em todo país as salas clínicas já são realidade em 1,8 mil farmácias e, até o fim de 2019, a Abrafarma acredita que serão 2,1 mil. O Nordeste tem 26% desses espaços.

O crescimento desse tipo de serviço é um dos assuntos que está sendo abordado em Salvador nesta quinta-feira (26) quando acontece o Road Show Care Center, evento de qualificação e atualização científica promovida pela Abrafarma.

Compartilhar