A Bahia segue com 20 casos suspeitos de coronavírus no estado nesta quarta-feira, 4. O número é o mesmo desta terça-feira, 3, no entanto houve um aumento de casos notificados. Até esta quarta, 66 casos foram (na terça, eram 61), notificados com suspeita clínica, sendo 25 excluídos por não se enquadrarem no protocolo do Ministério da Saúde e 21 descartados laboratorialmente. Ainda não houve nenhum caso confirmado da doença no estado.

De acordo com a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), dos casos ainda em suspeita, 16 são investigados em Salvador (nesta terça eram 15), três em Vitória da Conquista, e um em Santa Cruz Cabrália. A capital baiana já teve, até então, 40 casos notificados, sendo 14 excluídos e 10 descartados laboratorialmente.

Em comparativo com o boletim de terça, 3, foram descartados laboratorialmente um caso em Feira de Santana, um Camaçari e um em Lençóis.

Os municípios notificantes foram Camaçari, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Jacaraci, Jequié, Lauro de Freitas, Lençóis, Salvador, Santa Cruz Cabrália, Teixeira de Freitas, Tucano e Vitória da Conquista. Os números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com os Cievs municipais.

Atualmente 27 países são monitorados pelo Ministério da Saúde.Na América, Estados Unidos e Canadá passam a fazer parte desse monitoramento por apresentarem transmissão interna do coronavírus. São eles: Alemanha, Austrália, Canadá, China, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Croácia, Dinamarca, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Indonésia, Irã, Itália, Japão, Malásia, Noruega, Reino Unido, San Marino, Singapura, Suíça, Tailândia e Vietnã

Compartilhar