A atração de investimentos teve nos últimos cinco anos 626 protocolos de intenção na Bahia, segundo dados do governo do Estado. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) acompanha implantação atualmente de 307 projetos que tiveram protocolos de intenção assinado. A expectativa é que estes gerem 36,3 mil vagas de emprego, com investimento de R$ 28 bilhões em vários pontos da Bahia.

Caso todos os protocolos de intenção se concretizem , a expectativa é que a conclusão dos projetos gere 68,6 mil vagas no estado, com investimentos que aplicados podem somar R$ 54,5 bilhões.

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico João Leão avalia este esforço para impulsionar novos negócios na Bahia. Ele destaca o setor da geração de energia limpa como novo filão para entrada de recursos no estado, com consequente geração de emprego.

“Isso pra Bahia é de uma importância muito grande, muito grande mesmo. Nós já implantamos 120 novos polos de energia eólica e agora nós vamos implantar mais 123 polos. Hoje, a luz que me ilumina, 48,2% é de energia eólica. Tá entrando aí a energia solar com todo vapor e vamos implantar mais 123 parques. São R$ 53 bilhões que estamos aplicando. Além disso, temos a energia de biogás”, afirmou. “Estamos implantando 11 usinas de açúcar e álcool na região de São Francisco”, acrescenta.

Compartilhar