Por Rodrigo Tardio

O Nordeste de Amaralina e a Liberdade passam a contar com medidas restritivas regionalizadas a partir desta sexta-feira, 10. A medida foi anunciada na manhã desta quarta-feira, 8, pelo prefeito ACM Neto, durante a inauguração do sistema de câmeras com medição de temperatura na Estação da Lapa, que também recebeu um posto de testes para detecção da Covid-19.

Segundo ACM Neto, o complexo do Nordeste foi incluído na lista de restrições em relação ao funcionamento das atividades econômicas por registrar 360 casos confirmados de coronavírus desde o início da pandemia. Somente nos últimos 30 dias, foram 263, sendo 91 em sete dias e 12 sepultamentos em cemitérios municipais.

Já o bairro da Liberdade, que contabiliza 738 casos, integra a lista pela segunda vez. Nos últimos 30 dias, foram 436, sendo 121 em sete dias. O número de óbitos por Covid-19, incluindo apenas pessoas enterradas em cemitérios municipais, é de 24.

O prefeito anunciou também a continuidade de medidas restritivas por mais sete dias em Fazenda Coutos, Coutos, no Centro, Pernambués, Saramandaia, Cabula, Cabula VI, Resgate e Beiru/Tancredo Neves.

Estação da Lapa

Principal vetor de disseminação do coronavírus, o transporte público de Salvador está no centro das atenções dos gestores públicos. Além da obrigatoriedade do uso de máscara dentro dos ônibus, a Estação da Lapa ganha o sistema de câmeras e o posto de testes para a detecção da doença.

Esses pontos vão estar localizados nos três principais acessos à estação: dois na entrada pelo Coqueiro da Piedade, quatro no acesso pelo metrô e três no corredor principal que liga à avenida Joana Angélica.

As imagens produzidas vão gerar resultados de mensuração da temperatura e controle do uso de máscara, ao detectar se usuários estão ou não utilizando o equipamento de proteção individual ou se o uso está sendo feito de forma inadequada.

Compartilhar