No alto do morro do Pai Inácio, mirante do qual é possível ter uma vista panorâmica dos vales da Chapada Diamantina, o guia conta a história do negro escravizado que teve um caso de amor com a mulher do senhor de terras coronel da região. Em fuga dos capangas do homem, Pai Inácio sobe no morro mais alto daquele lugar marcado pelo garimpo dos cristais. A lenda diz que, encurralado no topo, Inácio abre um guarda-chuva e salta.

Hoje, o local, que pertence ao município de Palmeiras (BA), recebe visitantes e é, certamente, onde o turista se apaixona pela chapada. O visual tira o fôlego, descortinando até onde os olhos alcançam as formações rochosas que marcam a localidade, vales e morros de topos achatados cobertos por vegetação baixa ou rasteira, um tanto ressecada, de alguns cactos e pequenas deslumbrantes flores.

A subida até os mais de mil metros de altura é feita parte de carro e parte a pé –e haja esforço. A infraestrutura, porém, tem corrimões e apoios que ajudam os mais velhos e os menos atléticos a manter o equilíbrio, principalmente nas paradas para retomar o ânimo, até o topo.

E é de subidas e descidas, caminhadas fáceis e um pouco mais complicadas, que é feita a viagem à Chapada Diamantina. É feita também de água, de rios e de cachoeiras. E de cavernas. E, por que não, também de comidas e de bebidas, em meio a simpáticas ruas de pedras.

Sendo assim, na mochila devem estar roupa de banho, sapatos confortáveis e seguros para caminhadas em terreno cheio de irregularidades e escorregadios, além de um conjuntinho para fazer bonito à noite nas ruas movimentadas de Lençóis, a cidade mais equipada da região.

É nas ruas de Lençóis, em seus restaurantes e lanchonetes, que se pode provar algumas das iguarias como o cortado de palma, um refogado de tipo de cacto que tem aparência de doce de mamão verde, ou o godó de banana, um ensopado de carne de sol com banana verde. Para acompanhar, suco de mangaba, fruta abundante por ali.

Recobradas as forças após uma noite de sono tranquila, é hora de ir às cachoeiras. Entre as opções, a mais alta é a da Fumaça. A água cai com tal força num estreito filete rente a um paredão, e de tal altura, que o vento espalha gotas ao redor, gerando a impressão de que o que se vê é vapor. Sente-se de longe os respingos e, a depender da posição do sol, formam-se pequenos arcos-íris na fenda que leva à queda d’água.

Mais próximo do centro de Lençóis, a uma distância de caminhada leve, há o parque da Muritiba, onde fica o Serrano, espaço no qual o rio Lençóis corre sobre rochas, formando uma mistura de caldeirões d’água e caminhos por sobre a pedra molhada. De fácil acesso, é o lugar perfeito para se refrescar com crianças.

Para quem gosta de remar, uma opção é fazer o passeio a Marimbus, conhecido como o pantanal da Bahia. São cerca de duas horas em canoa, que pode ser remada pelo turista ou por um profissional, ao longo de um calmo caminho alagado pelo rio Roncador. É para relaxar e ouvir a natureza.

Para quem está planejando a viagem e gosta de festas tradicionais, é bom considerar o fim de janeiro. Desde o século 19, festejos populares marcam a região.

É o caso da festa do Nosso Senhor Bom Jesus dos Passos, padroeiro dos garimpeiros, celebrada há mais de 160 anos em Lençóis. A comemoração começa com a lavagem da escadaria da igreja dedicada à devoção a Jesus carregando a cruz em sua última marcha e segue por cerca de dez dias.*

QUEM LEVA

Venturas
A partir de R$ 1.921. Quatro noites com hospedagem em quarto duplo nas pousadas Pouso da Trilha e Pedras de Igatu, com café da manhã. Inclui passeios com guia, lanches de trilha, um almoço, seguro viagem e traslados
Tel. 3879-9494

Maioba
Pacote de sete noites a partir de R$ 2.854. Estadia com café da manhã em Pouso da Trilha e Pedras de Igatu. Passeios guiados, lanches de trilha, dois almoços, traslados, seguro viagem e taxas estão inclusos
Tel. 3021-1582

Adventure Club
A partir de R$ 3.890. Sete noites na Pousada do Capão, Pouso da Trilha e em casas de moradores, com alimentação completa. Pacote inclui passeios com guia, traslados, taxas, carregadores para itens pessoais e seguro viagem.
Tel. 5573-4142

Compartilhar