Após a notícia que um caso suspeito de coronavírus deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no bairro do Marback, em Salvador, outros dois casos podem virar suspeitos. Isso porque a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) informou que essas duas pessoas estão em investigação.

Um casal deu entrada inicialmente no Hospital Geral do Estado (HGE) e depois seguiram para o Hospital Couto Maia, maior hospital especializado em doenças infectocontagiosas do Brasil. De acordo com a Sesab, o material coletado dos pacientes segue para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), que é o procedimento padrão definido pelo Ministério da Saúde.

As três pessoas vieram da Itália, país com o maior número de casos de coronavírus na Europa, com mais de 400 infectados e 12 mortes.

Com informações do site Metro1

Compartilhar