Uma mulher invadiu o link do repórter Romeu Neto durante o Bom Dia SP de hoje para questionar as informações sobre a lotação de leitos de UTI para pacientes de covid-19 na Santa Casa de Sorocaba.

O apresentador Rodrigo Bocardi disse que faltou a devida educação na intervenção, mas que o microfone estaria aberto caso ela quisesse explicar a sua reclamação. Porém, o repórter disse posteriormente que ela se recusou a entrar no ar.

Romeu Neto passava as informações de que os 40 leitos de UTI para pacientes com covid-19 estavam ocupados na Santa Casa da cidade. Ele ainda disse que Sorocaba tem lotação de 87% de leitos de UTIs na rede pública quando foi interrompido.

“Mentira, isso é mentira, tem um monte de leitos aqui”, disse. O repórter saiu de cena e a imagem foi cortada.

Bocardi então disse: “Ele tava relatando o proble. Tem que saber o que ela está dizendo o que é mentira, o que a prefeitura tem feito para população de Sorocaba. Quando ele tiver o esclarecimento disso, pode voltar”, disse.

“E se ela está dizendo do que você está falando, que ela possa apontar e nos trazer aqui o esclarecimento. Se ela não estiver de acordo, que Romeu estava dizendo é mentira, que a gente possa debate para saber qual é, vamos buscar a verdade sempre”, disse

“Sei que é difícil trabalhar com alguém invadindo o seu microfone sem a devida educação. Por isso ele talvez tenha devolvido para mim”, disse Bocardi sobre Romeu Neto.

Mais tarde, o repórter reafirmou as informações e disse que a mulher não quis esclarecer a sua reclamação.

Compartilhar