O Ministério Público Estadual da Bahia – MP/BA ofereceu denúncia criminal ao Tribunal de Justiça da Bahia contra o atual Prefeito da cidade de Candeias, Dr. Pitágora (PP). Segundo o documento, no dia 10 de julho, após as 18h, na vigência do toque de recolher decretado pelo governo do Estado como uma das medidas para a prevenção e combate ao avanço do coronavírus, o responsável pelo município realizou uma carreata em comemoração a decisão judicial favorável à sua reintegração a prefeitura local. O ato que contou com vereadores e secretários municipais, reuniu ainda várias pessoas em carros e motos e houve até queima de fogos, o que provocou aglomeração de pessoas nas ruas da cidade, tudo em meio à pandemia do novo coronavírus.

Sendo assim, o Prefeito Pitágoras está sendo denunciado pelo MP/BA por violar medida sanitária preventiva, determinado pelo Governador da Bahia Rui Costa, no início do mês de julho, através do Decreto n° 19.813/2020, no qual restringiu a circulação noturna de pessoas nas ruas a partir das 18h.

Atualmente a cidade de Candeias tem o registro de 56 óbitos por COVID-19 e 2016 casos confirmados. Segundo moradores de Candeias além da atitude contrária às medidas de restrições, o Prefeito não realizou nenhuma ação contra o avanço do coronavírus. “O prefeito demorou muito para agir, não foram realizado testes suficientes e o comércio ficou totalmente prejudicado”, relatou a estudante Fernanda Matos .

VEJA ABAIXO AÇÃO DO MP:

Ação Penal – Pitagoras

Compartilhar