Motoristas do transporte alternativo realizam em Salvador, na manhã desta segunda-feira (22), uma manifestação em defesa da regularização da atividade. Conforme os organizadores, eles começaram a se reunir por volta das 6h30. Ainda segundo eles, cerca de 150 vans participam do protesto.

Por volta das 8h40, os motoristas saíram da frente do Wet’n Wild e seguiram em suas vans até o Ministério Público Federal, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB). A previsão dos manifestantes é de, posteriormente, seguir para a Prefeitura de Salvador, localizada na Praça Municipal.

Vans antes da carreata na manhã desta segunda-feira (22), na Avenida Paralela, em Salvador  — Foto: Cid Vaz/TV Bahia

Vans antes da carreata na manhã desta segunda-feira (22), na Avenida Paralela, em Salvador — Foto: Cid Vaz

As vans tomam a via da esquerda da avenida que possui trechos com seis e cinco faixas. Com isso, o trânsito tem pontos de lentidão na região da Avenida Paralela, sentido Centro.

De acordo com os manifestantes, eles são prejudicados pela Lei 13.855/19, que aumenta a punição para os transportes alternativos. A lei altera o Código de Trânsito Brasileiro, classificando o transporte alternativo como infração gravíssima.

Por conta da lei, os trabalhadores em transportes alternativos buscam o diálogo com as prefeituras para a regularização da atividade.

Os trabalhadores em transportes alternativos da Bahia relatam que lutam pela regularização da atividade. Eles ainda alegam que os transportes alternativos são responsáveis pela geração de centenas de empregos em todo estado.

Compartilhar