A secretária de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis, disse nesta sexta-feira (31) manter sua pré-candidatura a prefeita de Salvador pelo PT, mesmo diante da iminente filiação da major Denice Santiago, da Polícia Militar, ao partido.

A comandante da Ronda Maria da Penha foi escolhida pelo governador Rui Costa (PT) para ser a sua candidata pela sigla na capital baiana.

“Seguimos conversando com as forças políticas do nosso partido. Todas as pré-candidaturas seguem no exercício de apresentar suas propostas”, afirmou Fabya.

Ao contrário do que fez a deputada estadual Olívia Santana (PCdoB), a secretária evitou criticar a entrada de Denice no processo por ser uma “outsider”.

“Quem está na política tem que considerar sempre legítima a possibilidade de alguém querer se filiar ao partido. Eu valorizo muito os processos democráticos. Tem que apresentar suas propostas e ter abertura de eventualmente poder ser convencido também”, declarou a titular da Sepromi.

Além de Fabya, o PT tem outros três pré-candidatos: o ex-ministro da Cultura Juca Ferreira, o deputado estadual Robinson Almeida e ex-ouvidora-geral da Defensoria Pública da Bahia Vilma Reis.

Compartilhar