Várias festas de rua do tipo paredão, onde aparelhos de som automotores são usados, foram registradas na Bahia neste final de semana. Os eventos foram realizados mesmo após a proibição do governador Rui Costa.

Na capital, as festas foram feitas em bairros como São Marcos e Cajazeiras. Vídeos gravados nos locais mostram centenas de pessoas aglomeradas na rua, entre o início da noite de sábado (16) e a madrugada de domingo (17).

De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur), entre os dias 15 e 17 a operação Sílere, de combate a poluição sonora na capital baiana, recebeu 681 denúncias. As equipes realizaram 369 vistorias e apreendeu cerca de 40 equipamentos de som. Os bairros com maior número de reclamações no último fim de semana são Pituba, São Marcos, Itapuã e Rio Vermelho.

A Polícia Militar informou que não foi acionada para encerrar os eventos em São Marcos e Cajazeiras. Diferentemente da cidade de Igaporã, no sudoeste baiano.

Por lá, a PM encerrou uma festa na noite de sábado e apreendeu equipamentos de som. Muitas pessoas estavam aglomeradas, sem máscara e faziam o consumo de bebidas alcoólicas.

Compartilhar