LEIA TAMBÉM:

Apesar dos quatro títulos mundiais e da história de sucesso, a permanência de Sebastian Vettel na F1 parece cada vez mais remota. Após a Ferrari decidir não renovar o vínculo com o alemão para contratar Carlos Sainz, e a Renault estar perto de anunciar Fernando Alonso, a Mercedes também descartou a possibilidade de contratar Sebastian, confirmando a manutenção da dupla Lewis Hamilton e Valtteri Bottas para 2021.

– Vamos manter nossos garotos. Eu entendo que é uma ideia empolgante para os fãs alemães, mas com Lewis e Valtteri, já temos dois pilotos de ponta performando no mais alto nível. E tivemos essa certeza com Valtteri conquistando a pole com uma volta fantástica (a entrevista foi dada no domingo, antes da corrida). Vamos manter os pilotos que temos agora – explica Ola Kallenius, direto da Daimler, proprietária da equipe alemã na Fórmula 1.

Contratado pela equipe das Flechas de Prata ao fim de 2012, Hamilton fez 62 poles, subiu ao pódio em 102 oportunidades e venceu 63 vezes, levantando cinco troféus de Campeão Mundial. Já o companheiro finlandês, que chegou em 2017 para substituir Rosberg, que pegou todo mundo de surpresa ao anunciar sua aposentadoria, venceu oito vezes, com 37 pódios e 12 poles.

Compartilhar