O mercado de especulações no Bahia não para e o alvo da vez no Fazendão é o meia Jean Mota. O jogador que pertence ao Santos não está nos planos do técnico Jorge Sampaoli, tem um salário considerado alto no Peixe e será negociado.

De olho nesta brecha, o Tricolor fez uma proposta de empréstimo para contar com o atleta até o fim de 2019. A ideia é dividir parte dos vencimentos de Jean Mota com o Peixe, que tem contrato com o meia até 30 de junho de 2022.

No entanto, o Bahia deve ter dificuldades para conseguir trazer o jogador para o Fazendão. Isso porque, o Fortaleza também tenta a sua contratação após pedido do técnico Rogério Ceni. E, além dos nordestinos, o Atlético-MG também está no páreo pelo atleta canhoto e habilidoso.

Contratado pelo Santos em 2016, Jean Mota foi pouco aproveitado este ano após as aquisições dos gringos Carlos Sánchez e Bryan Ruiz ficando sem atuar por cerca de dois meses. O meia termina a temporada com 42 jogos disputados, dois gols marcados e duas assistências. O Peixe tem 80% de seus direitos econômicos e deve definir o futuro do jogador nos próximos dias.

Em contato com o setor de comunicação, o Bahia destacou que não se manifesta sobre negociações com atletas. Então, o torcedor tricolor, que está ávido por reforços, terá de esperar o desfecho da transação para comemorar a chegada de Jean Mota ao Fazendão.

Compartilhar