O Sindicato de Petroleiros da Bahia (Sindipetro) e a bancada do PT da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) realizam um ato público nesta segunda-feira(23), pela permanência da Petrobras no estado. O manifesto está programado para acontecer na ALBA, a partir das 9h.

Entre os convidados para o protesto estão o geólogo Guilherme Estrela, ex-diretor de Exploração e Produção da Petrobras, responsável pela descoberta do Pré-Sal; o pesquisador William Nozaki, do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (Ineep); e Vagner Freitas, presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

O ato deve reunir dirigentes sindicais, trabalhadores do setor de petróleo e gás, parlamentares, prefeitos, secretários estaduais, entre outros representantes da sociedade civil.

Compartilhar