O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, indicou que o partido está próximo de fechar um acordo para que o presidenciável Ciro Gomes apoie a candidatura de ACM Neto (DEM) para governador da Bahia.

De acordo com Lupi, resta apenas definir se o PDT irá compor a chapa com a presença do vice-governador ou se indicará um senador para emcabeçar a chapa de ACM Neto. Na segunda situação, um nome que ganha força é do deputado federal Félix Mendonça Júnior, presidente do PDT na Bahia e antigo aliado do governador Rui Costa (PT).

“A negociação está bem avançada. Não posso dizer que está selada porque você sabe como é a política…”, disse Lupi à coluna de Guilherme Amado, do site Metropoles.

O acordo também teria outra via de mão dupla, com ACM Neto que preside o DEM apoiando Ciro Gomes na disputa pela presidência, sem que um partido lance um candidato próprio. O nome do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta era um dos cogitados.

ACM Neto busca apoio para enfrentar o PT na briga pelo governo estadual. O partido comanda o estado há 16 anos, com gestões de Jacques Wagner e Rui Costa. Wagner provavelmente será o adversário do ex-prefeito de Salvador, que busca parceiros de outros campos democráticos, mas afastados do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que conta com alto índice de rejeição na Bahia.

Compartilhar