Conhecido como um dos destinos mais procurados do litoral baiano, aliado à volta gradativa das atividades turísticas, o Litoral Norte deve receber milhares de visitantes nesse fim de ano. Por isso, a Concessionária Litoral Norte (CLN) estima que, entre os dias 24 de dezembro e 4 de janeiro, quase 430 mil veículos deverão passar pela BA-099, uma média de 39 mil por dia, praticamente o dobro dos dias comuns.

De acordo com as estimativas da empresa, os dias com maior fluxo de veículos serão 2 e 3 de janeiro. O dia 30 de dezembro também será cheio, com uma expectativa de mais de 40 mil veículos passando pela via.

Uma equipe de mais de 100 colaboradores da concessionária garantirá o atendimento dos motoristas nesse período, 24h por dia.

“A CLN possui veículos de inspeção, guinchos leves e pesado e ambulâncias que circulam pelo trecho de operação ininterruptamente, com profissionais preparados para auxiliar os motoristas em diversas situações. Para este feriado, de acordo com a nossa previsão disponibilizaremos uma equipe extra”, comenta Daniel Ovalhe, gerente de operações da empresa.

Além disso, a CLN mantém os serviços médico, mecânico, de recolhimento de animais e apoio ao combate a princípio de incêndios, diminuindo os fatores de risco ao longo do trecho.

Os serviços de atendimento ao usuário podem ser acionados por ligação gratuita para o número 0800-071-3233. Para acompanhar o tráfego em tempo real acesse o site: www.clnorte.com.br

Protocolo de segurança 

A operação especial de final de ano será executada respeitando todos os protocolos de limpeza e distanciamento que foram recomendados por autoridades sanitárias e aderidos pela concessionária, para evitar a propagação do novo coronavírus.

Além disso, a CLN mantém seu público informado sobre quais cuidados podem seguir através de comunicações pelas redes sociais e no painel de mensagem variável (PMV) na rodovia, conforme orientações do Ministério da Saúde. A CLN disponibiliza ainda as pistas automáticas para quem tiver TAG (etiqueta eletrônicas) no veículo, além de dispensers de álcool em gel para os usuários.

Compartilhar