O coordenador do Movimento Brasil Livre na Bahia, Siqueira Júnior

O coordenador do Movimento Brasil Livre na Bahia, Siqueira Júnior, conversou com o INFORMA1 e falou sobre os recentes acontecimentos que envolvem a prisão de supostos integrantes do MBL em São Paulo.

Segundo Siqueira, os presos na operação não pertecem ao movimento, “Prenderam pessoas que tem amizade com alguns do MBL. Não existe desvio de dinheiro ou sonegação de impostos, o que existe é que a família do Renan(Líder nacional do MBL) compra empresas falidas, reativa essas empresas e essas dívidas existem, ninguém nunca negou essas dívidas”, afirmou.

Questionado sobre os impactos no MBL baiano, Siqueira salientou que o movimento estadual e o nacional não serão prejudicados, “Nem o da Bahia nem o nacional. Estamos totalmente tranquilos, os advogados já estão tratando disso. Na Bahia não tem incômodo”, explicou o coordernador.

Compartilhar