O Projeto de Lei 60/2020 que suspende as exigências aos motoristas de aplicativo, taxistas, mototaxistas e motoristas de vans escolares durante a crise provocada pelo novo vírus chinês (COVID-19) (clique aqui para entender mais), foi sancionado hoje (23) pelo prefeito ACM Neto.

Aprovada em maio deste ano no Plenário da Câmara Municipal de Salvador, a Lei foi elaborada pelo vereador Alexandre Aleluia (DEM).

 

Compartilhar