O influencer digital Iuri dos Santos Abrão SIlva, mais conhecido como Iuri Sheik, teve habeas corpus concedido pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e pode deixar a prisão a qualquer momento. Ele estava preso de maneira preventiva desde junho do ano passado por uma acusação de homicídio. O habeas corpus foi deferido pelo desembargador Eserval Rocha, do TJ-BA.

Sheik é acusado pelo assassinato do empresário William Oliveira durante o São João de 2019, em Santo Antônio de Jesus. O Ministério Público da Bahia (MP-BA) afirma que Sheik matou o ex-sócio da Black Style durante uma briga em uma festa paredão.

Segundo o MP, o crime teve motivo fútil: Will teria se recusado a cumprimentar Sheik.

O influenciador digital foi acusado, e confessou, ter atirado contra um homem identificado como William Oliveira, 28 anos, ex-sócio da banda de pagode Black Style. O fato aconteceu na noite de 23 de junho de 2019, em uma festa de paredão em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo Baiano. A vítima foi atingida no peito duas vezes, chegou a ser internada, mas morreu três dias depois. William deixou três filhas: a mais velha de 13 anos, uma de 11 e a caçula, que na época tinha apenas 40 dias de vida.

Compartilhar