Não se fala outra coisa nas redes sociais a não ser a declaração da Maju Coutinho, âncora do Jornal Hoje, telejornal vespertino da Rede Globo.

Enquanto ela trazia informações sobre os dados atualizado da covid-19 no país, na edição desta última segunda-feira (24), Maju informou que houve um evento oficial no Palácio do Planalto, chamado de ‘Brasil vencendo a Covid’, que contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro.

Contudo, a jornalista frisou que Bolsonaro e os integrantes do governo não prestaram solidariedade às vítimas.

“Nem Bolsonaro nem as autoridades do governo presentes prestaram solidariedade às vítimas e seus familiares”, disse a âncora.

Após isso, Bolsonaro reagiu em uma rede social:

“A Globo, como sempre, mentindo a meu respeito”, rebateu.

Repercussão 

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que ficou chateado com a declaração de Maju Coutinho.

O apresentador Paulo Alceu, da ND Notícias, rebateu ao vivo a reportagem da TV Globo.

No telão do estúdio, a equipe do programa exibiu o trecho das declarações da edição de ontem.

“Não revereciaram os mortos? Não revereciaram?”, questionou.

Em seguida, ele prossegue:

“Isso é mentira! Isso que é fake news! Isso que é fake news news! Dizer que não houve homenagem aos mortos da covid-19 por interesse em atingir a presidência da República é baixo! É triste! É leviano”, afirmou.

Em seguida, Alceu dispara:

“Isso não é jornalismo! Absolutamente não é jornalismo! Você pode até contestar a cerimônia, você pode ser contra. Você pode contestar a cerimônia que defendia o tratamento precoce, mas jamais deturpar as informações”, disse.

E completou:

“Olha, gente, eu estou falando em defesa da minha categoria — falando em nome da profissão de jornalismo.”

O vídeo está repercutindo nas redes sociais e já conta com milhares de compartilhamentos.

Compartilhar