Joelma voltou a falar sobre as sequelas da covid-19 no “Fantástico” deste domingo. A cantora já havia adiantado que no “Altas Horas” que a doença afetou sua visão e a sua memória.

“Eu não consigo sentir o cheiro, o gosto. Do salgado eu quase não sinto. Tanto que quando eu quase perdi o sabor da comida, eu comia e empurrava com uma banana para conseguir comer porque o alimento tinha um sabor de borracha”, contou.

“Eu fiquei 60 dias em cima de uma cama. Eu tô inchada ainda. Tanto é que eu tive que aumentar o número do meu sutiã. Os peitos cresceram. Fiz os exames, tudo normal. E ninguém consegue explicar isso porque eu fiquei muito grande. A respiração voltou ao normal uns três dias atrás, porque ela ainda estava eu comecei a me exercitar devagar, a fazer alguns exercícios de respiração.”

A cantora foi diagnosticada com covid-19 no início de agosto.

Compartilhar