A aeronave Gulfstream G-IV, com motores Rolls-Royce TAY 611-8, leiloada pela Receita Federal, foi arrematada por R$ 7,8 milhões. O jatinho foi a leilão pela primeira vez em julho com lance mínimo de R$ 7,5 milhões e foi arrematado por um valor mais alto, em leilão realizado no dia 20 de agosto.

A aeronave, com capacidade para até 16 pessoas, está na categoria de grandes jatos e foi fabricada em 1989. É movida por dois motores Rolls-Royce TAY 611-8, o que representa uma queima de combustível de 447 galões por hora.

O leilão eletrônico de mercadorias apreendidas, destinado a pessoas físicas e jurídicas, realizado pela Alfândega da Receita Federal em Salvador na última sexta-feira (20) arrecadou como valor total R$ 7.814.500,00.

Dentre os lotes arrematados, destacou-se justamente o de número 5, referente à Aeronave Gulfstream G-IV, fabricada em 1989, com motores Rolls-Royce TAY 611-8.

A apreensão da aeronave foi resultado do trabalho de inteligência da Receita Federal que identificou a prática de planejamento tributário abusivo mediante utilização de engrenagem jurídica complexa envolvendo inclusive empresas sediadas em paraísos fiscais.

O importador também se utilizou de negócio jurídico com interposição de pessoas para justificar regime aduaneiro especial indevido, buscando tratamento tributário mais favorável.

Os modelos superiores da Gulfstream são queridinhos entre os milionários. Os empresários – e investigados pela Justiça – Joesley e Eike Batista tinham nas suas frotas aviões da Gulfstream. Ambos eram donos de jatos do modelo G550, de aproximadamente R$ 195 milhões.

Em 2019, o sertanejo Gusttavo Lima também adquiriu uma aeronave da Gulfstream, mas na ocasião, ele escolheu o modelo G100, que também é utilizado pela força aérea dos Estados Unidos. Na época, sites especializados em aviação apontavam que a aeronave do cantor havia custado R$ 180 milhões.

Compartilhar