Patrulhas do Irã abordaram um petroleiro em águas internacionais do golfo entre o país e a península Arábica, utilizando um helicóptero e dois navios para assumir o controle da embarcação, denunciou nesta quinta-feira o Comando Central dos Estados Unidos (Centcom).

O governo dos Estados Unidos acusa de maneira frequente a República Islâmica de executar operações hostis.

“Hoje, em águas internacionais, as forças iranianas, com dois navios e um helicóptero iraniano “Sea King”, alcançaram e abordaram um navio chamado “Wila””, afirmou o Centcom em uma rede social.

As águas internacionais constituem uma zona marítima livre, sobre a qual nenhum Estado tem jurisdição.

No mesmo texto, o Centcom publicou um vídeo em preto e branco que mostra um helicóptero sobrevoando de perto um navio.

O petroleiro está atualmente no Golfo de Omã, perto do Estreito de Ormuz, um ponto de passagem por onde transita um terço do petróleo transportado por mar no mundo, segundo o portal Marine Traffic, especializado em monitorar o tráfego marítimo.

O navio é um petroleiro construído em 1997 com bandeira da Libéria, informa o site.

Compartilhar