Um idoso de 80 anos foi encontrado morto, dentro da casa onde morava, no Quilombo Rio dos Macacos, localizado na cidade de Simões Filho, região metropolitana de Salvador, na noite da segunda-feira (25). De acordo com a delegacia do município, o corpo tinha sinais de pauladas e facadas.

A vítima foi identificada como José Esídio Dias, conhecido como Seu Vermelho. Segundo a polícia, o corpo dele foi achado depois que vizinhos viram a casa aberta e desconfiaram. O idoso estava em cima da cama.

Após denúncia, policiais militares estiveram no local e acionaram o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc), da Polícia Civil, que fez perícia no local. Em seguida, o corpo do idoso foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Salvador.

Ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime. O caso será investigado pela Delegacia de Simões Filho.

Quilombo Rio dos Macacos

Entrada para o Quilombo Rio dos Macacos é controlada pela Marinha — Foto: Itana Alencar/G1 BA

Entrada para o Quilombo Rio dos Macacos é controlada pela Marinha — Foto: Itana Alencar

O Quilombo Rio dos Macacos é conhecido pela resistência na região metropolitana. Cerca de 85 famílias moram na comunidade.

As terras são alvo de disputa com a Marinha do Brasil há pelo menos seis anos. O órgão, inclusive, controla a entrada na região.

Em 2014, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) delimitou a área, e em 2015, depois de longa disputa judicial, parte da área foi reconhecida como sendo dos quilombolas.

No ano passado, o Quilombo recebeu representantes da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) da Organização dos Estados Americanos (OEA), com o objetivo de garantir os direitos humanos da população no local, além de colher relatos.

Compartilhar