Um homem de 36 anos morreu nesta quinta-feira, 16, após ser eletrocutado enquanto trabalhava na obra de uma casa, em Piatã. Ele chegou a ser socorrido por um colega, mas não resistiu aos ferimentos. A situação ocorreu na rua Mandiguaçu, por volta das 12h.

Um pedreiro que trabalhava com a vítima afirma que percebeu a situação depois de ouvir barulhos da fiação. Agentes da 15ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foram acionados e se dirigiram ao local, porém as circunstâncias ainda não foram identificadas.

“Eu escutei a fiação, um barulho de fio. Eu corri lá. Quando eu cheguei, ele estava preso com os braços para a cima. A minha reação foi pegar um pedaço de pau de bater no ferro que ele estava segurando. Na hora que eu bati, o ferro caiu na rua. Ele se arriou na parede. Ele estava todo queimado. Ele desceu já queimado. Ele não falou mais nada”, disse o colega de trabalho.

Ele contou que ainda tentou reanimar o colega de trabalho, mas não conseguiu. “No momento eu comecei a dar a massagem no peito dele, para saber se ele reagia, mas não teve jeito. Estamos aqui há três meses. Ele já estava aqui quando eu vim”, relatou.

Ainda de acordo com a PM, a morte foi confirmada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O corpo do rapaz será levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Compartilhar