O vereador Hilton Coelho (PSOL) voltou a contestar a proposta de orçamento para 2015 apresentada pelo prefeito ACM Neto. “A Câmara Municipal de Salvador sofrerá uma redução drástica. Perderá R$ 21 milhões. Em 2014 o orçamento foi de R$ 180 milhões. Em 2015 a proposta é de R$ 159 milhões. Caso seja aprovado perde a cidade, que não terá um Legislativo capaz de responder as necessidades e em especial os servidores”, avalia.

Hilton Coelho

 Para Hilton Coelho “o Legislativo deve exigir respeito e impor sua vontade. São cerca de 12% de redução. Temos a obrigação de fiscalizar os atos do Executivo com relação à administração e gastos do orçamento. Temos que trabalhar em função da melhoria da qualidade de vida da população, elaborando leis, recebendo o povo, atendendo às reivindicações, em resumo, ser a voz das reivindicações populares. Temo que os servidores da Casa sejam ainda mais penalizados”

 “Nesta quarta-feira, 15, a Associação dos Servidores da Câmara Municipal (Nova Ascam) realizou um expressivo ato em frente do Edifício Anexo Emerson José, na Rua Ruy Barbosa. Discutiram temas como plano de saúde, defasagem de salários dos novos servidores, direitos e vantagens descumpridas no acordo feito pela gestão da Casa, além de outros assuntos ligados ao funcionamento da Câmara Municipal. Manifesto desde já minha solidariedade, apoio às reivindicações e o compromisso na defesa do Legislativo”, finaliza Hilton Coelho.

 

Compartilhar