Por Tiago Netto

Na última terça-feira (21), a Rede Globo narrou a morte de um senhor de 60 anos com duas versões diferentes.

No Jornal Hoje, a repórter Sabrina Simonato contou que Severino, de 60 anos, “teve um AVC e estava há dias no Hospital Municipal de Campo Limpo esperando por um leito de UTI”, mas acabou morrendo antes de ser transferido.

Já no Jornal da Globo, a repórter Patrícia Falkowski contou sobre o mesmo homem, mas com um relato diferente, dizendo que ele morreu de Covid-19 sem conseguir o leito de UTI.

Posteriormente, a emissora uma nota dizendo que “Alexandre, filho do senhor Severino, informou que o exame para Covid-19 foi feito logo que o pai foi internado por causa do AVC. Essa declaração inclusive foi ao ar nos jornais locais” e que o Jornal da Globo cometeu uma “imprecisão” ao dizer que Severino estava com Covid-19, quando na verdade tratava-se somente de uma suspeita.

Compartilhar