Após ter desistido da pré-candidatura para prefeito e anunciar apoio a Bruno Reis (DEM), Geraldo Júnior (SD), presidente da Câmara de Salvador, não descarta a possibilidade de ser vice na chapa do democrata. Mas faz ressalvas.

“Estou numa missão que é ser presidente da Câmara de Salvador. As decisões serão tomadas junto com os vereadores, independentemente se da base do prefeito ACM Neto ou da oposição”, disse.

O chefe do Legislativo soteropolitano, inclusive, deu prazo para sua decisão. “Só irei tomar a decisão no tempo certo, ouvindo a cidade, os amigos mais próximos. É uma decisão que me reservo a tomar somente em março”, apontou.

Compartilhar