A morte de Adriana Salituro, ex-modelo de sucesso na década de 1980, causou comoção entre os moradores de Búzios, na região dos Lagos, no Rio. Ela sofria da doença autoimune púrpura, que afeta os níveis de plaquetas no sangue e provoca sangramentos excessivos, e morreu aos 58 anos na madrugada de terça para quarta.

Ao lado do marido, o empresário Clemente Magalhães, Adriana era uma das sócias do Complexo Gastronômico Porto da Barra, espaço badalado de Búzios. No Facebook, diversos moradores da cidade e amigos da ex-modelo deixaram mensagens de carinho após a notícia de sua morte.

De acordo com o relato da vereadora Joice Costa, Adriana esteve à frente da luta pela emancipação político-econômica de Búzios. A cidade era apenas um distrito do município de Cabo Frio até 1995.

Além de modelo, Adriana também desfilava no Carnaval carioca e participou de um filme na década de 1990. Ela fez parte do elenco de “Manobra Radical”, longa dirigido por Elisa Tolomelli e lançado em 1991, que contava a história de um campeonato de surfe.

Compartilhar