O ex-BBB Daniel Rolim, que participou da 11ª edição do reality show global, falou sobre abuso sexual na infância. Ele relatou ter passado por situações em que pessoas mais velhas agiram de forma inadequada com ele desde os oito anos de idade, mas, surpreendido pela pergunta, afirmou que essas são reflexões que ainda precisa fazer dentro de si.

Em entrevista ao canal Lisa, Leve e Solta, do YouTube, de Lisa Gomes, Daniel questionou as experiências que viveu, mas confirmou nos relatos cenários de abuso.

“Às vezes eu fico me perguntando o que é abuso sexual. Por que lógico que teve muitas vezes…”, disse ele, em reflexão. “Nunca chegou às vias de fato. Mas lógico que teve coisas com outros homens mais velhos e mais adultos. Não posso dizer quantos anos eles tinham: 5, 6, 10, 15 anos mais velhos. Mas todo mundo teve essa experiência. Não sei como me expressar agora.”

“Tive experiências com homens mais velhos em fases da infância. Eu não sei se isso era abuso, se não era”, disse ele. Questionado se ele permitia, Daniel explicou: “Não é que eu permitia, eu não sabia o que estava acontecendo. Eu não sei se era ruim ou bom. Eu me fechava depois que isso acontecia.”

“Eu tive muito esse pensamentos: ‘Será que eu era [abusado]?’. Eu não posso falar pelos outros, eu me questiono até hoje porque não foi uma, duas ou três vezes. Foram várias. Não até as vias de fato… Eu nunca falei sobre isso. Mas acontecia com oito, nove, dez, não sei. Foram muitos. Estou num momento de reflexão sobre isso… Você me pegou numa saia justa, nunca ninguém me questionou sobre isso. Você está me amadurecendo para eu refletir sobre este problema”, admitiu.

Natural de Arcoverde, interior de Pernambuco, Daniel disse que os casos não envolveram familiares e relembrou a adolescência, quando partiu para Recife.

“Morei em pensão, aos 18 anos… Foi um amadurecimento muito rápido. Eu agradeço toda a minha existência. Mas foram muitas aventuras”, afirmou o ex-BBB.

Compartilhar