O primeiro teste em humanos para avaliar uma vacina contra o coronavírus teve início em Seattle, informaram as autoridades de saúde dos Estados Unidos nesta segunda-feira, 16.

“O teste em estudo aberto incluirá 45 voluntários adultos saudáveis, com idades entre 18 e 55 anos, durante aproximadamente seis semanas”, afirmou o Instituto Nacional de Saúde dos EUA (NIH) em comunicado.

“O primeiro participante recebeu a vacina experimental hoje”.

No entanto, os participantes ainda terão que passar por diferentes fases para determinar se a vacina é efetiva e segura. As autoridades americanas estimam que, caso tudo saia como planejado, a vacina estará disponível daqui um ano ou um ano e meio.

Ela foi desenvolvida pelos cientistas do NIH e pela empresa de biotecnologia Moderna, com sede em Cambridge, Massachusetts.

A Coalizão de Inovações em Preparação para Epidemias (CEPI) também direcionou fundos para a implementação da vacina.

“Encontrar uma vacina segura e eficaz para prevenir a infecção de SARS-CoV-2 é uma prioridade para a saúde pública”, disse Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas.

“Essa primeira fase do estudo, lançada em tempo recorde, é um passo importante para alcançar esse objetivo”, finalizou.

 

Compartilhar