Nesta quarta-feira (12), pesquisadores da Tesla divulgaram um estudo com caminhos para aumentar a densidade de energia das baterias da companhia. A pesquisa destacou, sobretudo, o potencial de células de baterias a base de lítio sem ânodo. Entretanto, um ponto importante da pesquisa passou despercebido, como bem destaca o site Electrek.

Compartilhar