O prefeito ACM Neto afirmou que está otimista para a gestão do próximo presidente, Jair Bolsonaro, que assumirá o cargo na próxima terça-feira (1/1). Em entrevista ao telejornal Bahia Meio Dia, da TV Bahia, na tarde desta quinta (27), o prefeito garantiu que estará disponível para ir à Brasília negociar projetos para Salvador sempre que necessário e disse que sua expectativa é que a economia brasileira volte a crescer no próximo ano depois da posse de Bolsonaro.

“Em 2019, vamos consolidar uma série de projetos com impacto para a economia de Salvador, como a entrega do Centro de Convenções e as obras do Centro Histórico”, assegurou Neto, ao falar sobre as iniciativas para o ano que vem na capital baiana.

O prefeito também reiterou que não haverá o reajuste da tarifa de ônibus em Salvador, previsto para o dia 2 de janeiro. “A tarifa está congelada em R$ 3,70. Só vai ter reajuste em 2019 se e quando eles [os empresários] entregarem ônibus novos e com ar condicionado para a cidade”, confirmou. Segundo ele, a renovação da frota é um dos maiores desafios a serem resolvidos.

Avaliando a gestão do município ao longo deste ano, o prefeito destacou a entrega de encostas e a ampliação do número de vagas na educação infantil. “A saúde ainda é um problema na capital”, reconheceu. Por outro lado, ressaltou o avanço alcançado com a inauguração do hospital municipal e as entregas de novos postos de saúde, realizadas semanalmente desde o mês passado.

Compartilhar