Invictos e donos das melhores campanhas do Campeonato Baiano, Bahia e Vitória se enfrentam no próximo domingo, no Barradão, pela sexta rodada da competição. Vai ser o primeiro encontro entre os times de aspirantes dos clubes na temporada e, para muitos dos jogadores, a primeira experiência no clássico. Em campo, um grupo vai defender a invencibilidade do seu clube, enquanto o outro busca o primeiro triunfo sobre o maior rival.

Desde que definiram equipes de aspirantes, Bahia e Vitória se enfrentaram em três oportunidades: duas pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes e uma pela Copa Baiana de Aspirantes. O Vitória levou a melhor em dois desses jogos, e os times empataram em outro.

O último encontro entre os times de aspirantes aconteceu em outubro de 2019, no empate em 1 a 1 pela Copa Baiana de Aspirantes. Thiaguinho fez o gol do Vitória e Jonatas empatou para o Bahia.

Do time que iniciou aquela partida pelo Bahia, que já era comandado por Dado Cavalcanti, apenas o goleiro Fernando segue como titular. No Vitória, que mudou de técnico (João Burse saiu e chegou Agnaldo Liz), Welisson é o único titular de 2019 que segue em 2020. Dos jogadores que foram a campo, dois deles ganharam espaço no grupo principal (João Vitor e Guilherme Rend) e são titulares.

Vendido para o Hoffenheim, Lucas Ribeiro foi titular no Ba-Vi de aspirantes realizado em 2018 — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

Vendido para o Hoffenheim, Lucas Ribeiro foi titular no Ba-Vi de aspirantes realizado em 2018 — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

Bahia: Fernando; Edimundo, Brunão, Jaques e Cesar (Matheus Bahia); Paulinho (Luciano Buiú), Carlinhos (Borges) e Maurício Caprini (Cristiano); Jonatas, Gabriel Esteves e Caíque (Saldanha). Técnico: Dado Cavalcanti.

Vitória: Caíque; Wellisson, João Vítor, Dedé e Gabriel Gomes (Padilha); Guilherme Rend (Hebert), Matheus Santana e Renzo; Thiaguinho (Marcelo), Samuel (Ítalo) e Caíque Souza (Luan). Técnico: João Burse.

No fim das contas, o Vitória foi mais longe na competição e acabou eliminado nas semifinais pelo Flu de Feira. Já o Bahia parou ainda na primeira fase.

Campeonato Brasileiro de Aspirantes

Também em 2019, Bahia e Vitória se enfrentaram pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes, e o Rubro-Negro levou a melhor. Em Pituaçu, o time de João Burse venceu o Tricolor de Dado Cavalcanti por 3 a 1. Eron, titular em 2020 e artilheiro da equipe no Baianão, estava naquela partida e marcou duas vezes. Luan Gabriel fez outro para o Vitória, e Cristiano descontou para o Bahia.

Bahia: Geovane; Matheus Bahia, Ignácio, Brunão e Max; Yuri, Luciano Buiu (Vinícius Garcia) e Cristiano (Carlinhos); Gustavo (Jonatas), Gabriel Esteves e Geovane Itinga (Caíque). Técnico: Dado Cavalcanti.

Vitória: Caíque; Welisson, Bruno Bispo, Suassuna e Gabriel; Hebert, Farinha (Rafael) e Maykon Douglas; Thiaguinho (Luan Gabriel), Júlio Cesar (David) e Eron (Bruno). Técnico: João Burse.

Os dois clubes tiveram boas campanhas na competição, mas caíram nas semifinais para Grêmio e Internacional.

Bahia e Vitória se enfrentaram três vezes com times de aspirantes — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

Bahia e Vitória se enfrentaram três vezes com times de aspirantes — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

A estreia

O primeiro encontro entre Bahia e Vitória no Campeonato Brasileiro de Aspirantes aconteceu em 2018, na primeira fase da competição. No Barradão, o Rubro-Negro venceu a partida com gols de Arroyo e Jhemerson. Pelezinho fez o gol do Bahia.

O jogo colocou frente a frente algumas joias que, posteriormente, ganhariam espaço nos times principais e se transfeririam para clubes do exterior. No Vitória, o zagueiro Lucas Ribeiro, titular do time de aspirantes, subiu para a equipe A, se destacou e foi vendido para o Hoffenheim. No Bahia, Eric Ramires entrou no decorrer da partida, mas passou a ganhar mais oportunidades até subir ao grupo profissional. O meia acabou se tornando o camisa 10 do time e foi vendido, no início de 2019, para o Basel.

Eron e Arroyo comemoram um dos gols do Vitória no triunfo por 2 a 1 sobre o Bahia — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

Eron e Arroyo comemoram um dos gols do Vitória no triunfo por 2 a 1 sobre o Bahia — Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória / Divulgação

Vitória: Caíque; Cedric, Léo Xavier, Lucas Ribeiro e Arroyo; Léo Gomes, Farinhas (Alex Galo) e Nickson (Ruan); Jhemerson (Flávio), Todinho (Felipe) e Eron. Técnico: João Burse.

Bahia: Deijair; Edimundo (Felipinho), Ignácio, Jaques e Mayk; Luis Fernando (Júnior), Joilson e Lepu; Felipinho (Eric Ramires), Fernandinho (Saldanha) e Pelezinho. Técnico: Cláudio Prates.

No Brasileiro de Aspirantes de 2018, o Vitória também chegou à semifinal, mas caiu para o Internacional. Já o Bahia parou antes, ainda na primeira fase.

Compartilhar