Equipamentos de som foram apreendidos entre sexta-feira (27) e domingo (29), em Salvador, durante ações de combate a poluição sonora na capital baiana. Ao todo foram 24 equipamentos, conforme informação da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), responsável pela Operação Sílere.

Segundo a Sedur, 760 denúncias foram registradas e 90 bairros foram vistoriados. Os equipamentos foram apreendidos nos bairros de Itapuã, Paripe, Uruguai, Boa Vista do Lobato, Fazenda Grande, Pernambués, Pituaçu, Pau da Lima, Doron e Granjas Rurais.

Entre os bairros mais denunciados no final de semana estão: Barra, Pernambués, Pituba e Imbuí.

A Sedur também realiza fiscalização em estabelecimentos comerciais, com objetivo de verificar o cumprimento dos protocolos de funcionamento. Ao todo, quatro estabelecimentos foram interditados: um bar, no bairro de Ondina; duas casas de eventos, uma em Boa Vista do Lobato e outra em Sete de Abril; e um depósito de bebidas, o local não foi detalhado.

Além disso, uma aglomeração foi registrada na região do Porto da Barra, uma das praias mais famosas e frequentadas de Salvador. O acesso à areia foi controlado, mas quando as pessoas deixavam o local, se aglomeravam no calçadão e sem máscara.

Compartilhar