Foto: Diogo Campos/INFORMA1

O deputado federal João Roma (Republicanos) voltou a criticar nesta quarta-feira, 5,, a possibilidade de criação de um novo imposto, nos moldes da antiga Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF).

O parlamentar participou de audiência pública da comissão mista que avalia a reforma tributária. O colegiado se reuniu virtualmente com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Segundo o deputado, a criação de um novo imposto é “agenda superada” no Brasil.

“Tenho certeza, ministro, que essa agenda, a criação de um imposto que pese mais no pobre, uma vez que ele é injusto, como a CPMF ou algo parecido, é uma agenda superada. Então, espero que o senhor receba nosso apelo para tentar abordar todas as possibilidades antes de insistir numa tecla como essa”, defendeu.

O deputado reforçou que tanto o Congresso quanto o governo devem analisar todas as possibilidades de construir uma reforma ampla e simplificadora, sem aumento da carga tributária.

Compartilhar