Ex-presidente do Bahia, Marcelinho Guimarães Filho fez críticas ao atual gestor do Tricolor baiano, Guilherme Bellintani, em entrevista ao programa Direto ao Ponto, da Rádio 100, nesta terça-feira (21).

Ele acusou Bellintani de estar utilizando a presidência do Bahia para se projetar politicamente.

“Eu não acho, tenho absoluta certeza. As pessoas podem gostar ou não de mim, mas contra fato não há argumentos. Guilherme Bellintani nunca disputou um voto, nunca candidatou-se a nada, virou presidente do Bahia, ganhou uma projeção óbvia e a partir daí passou a cogitar um projeto político. Não estou nem fazendo juízo de valor”, alfinetou.

Ele ainda citou as notícias apontando para uma possível candidatura de Bellintani a governador do estado, na eleição de 2022.

“Uma pessoa que nunca disputou um voto, ameaçou ser candidato a prefeito e agora já está ameaçando ser candidato a governador do estado… alguma coisa está subindo para a cabeça”, acusou MGF.

“Não é que ele não quis ser candidato a prefeito, ele não conseguiu, não se viabilizou. Não teve identidade de nenhum dos lados políticos da Bahia hoje. Ele sabia que boa parte da torcida ficaria contra esse projeto. Ele insiste com isso, está na cabela dele”, acrescentou.

Marcelinho finalizou o assunto afirmando que Bellintani irá pleitear a reeleição no cargo de presidente do Bahia visando a eleição para o Governo do Estado.

“Ele quer manter-se na presidência do Bahia pra sonhar em ser candidato a governador em 2022. É um fato. Sem juízo de valor. Ele fala de política partidária desde sempre, desde que entrou no clube”, completou.

Compartilhar