O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB) teria um plano para acabar de vez com a presidente Dilma Rousseff.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, o peemedebista está arquitetando: votar o impeachment no dia 17 de abril, um domingo, “o que poderá fazer lotar as ruas Brasil afora, além de Brasília, claro”.

Além disso, Cunha fará “a chamada nominal dos deputados do Sul para o Norte, de modo que quando chegar nas áreas mais favoráveis ao governo o voto contra já será em torno de 75%”.

Compartilhar