A empregada doméstica Maria Aparecida dos Santos, 48 anos, mora em Águas Claras e trabalha no Campo Grande. Todos os dias a rotina dela é pegar um ônibus, depois o metrô, e mais um coletivo para chegar ao serviço. O desejo dela é poder abrir mão de uma dessas conduções e perder menos tempo no deslocamento. É para atender demandas como essa que o Governo do Estado disse estar construindo duas novas estações do metrô em Salvador.

Nesta segunda-feira (26), o governador Rui Costa esteve no canteiro de obras para verificar o andamento dos processos. Será construída uma estação nas imediações do Campinas de Pirajá e outra na entrada do bairro de Águas Claras. Os primeiros pilares já estão de pé, e a previsão de conclusão é para junho de 2022. Para Maria Aparecida será uma alívio.

“O metrô é um meio de transporte rápido, limpo e tem ar condicionado. Isso pode parecer bobagem, mas em uma cidade como a nossa, conseguir chegar ao trabalho sem estar suada é uma luta. Eu queria poder fazer o trajeto todo, da minha casa até meu trabalho, de metrô. Não dá, mas se eu consegui sair de águas Claras até a Lapa já ajuda bastante”, contou.

Compartilhar