O Carnaval deste domingo (23) tem uma grade especial para o folião pipoca em Salvador. No Circuito Osmar (Centro), será possível relembrar os antigos carnavais com a apresentação do grupo Mudei de Nome. A banda composta por Ricardo Chaves, Magary Lord, Jonga Cunha, Ramon Cruz e Andrezão Simões traz como proposta a alegria e a descontração. É justamente em busca desses ingredientes que uma galera fiel acompanha a passagem do pranchão, palco móvel que permite uma aproximação maior entre o público e a banda.

No repertório, canções que marcaram a trajetória de cada um dos músicos como “É o Bicho”, “Amor de Carnaval”, “Balanço do Trem”, “Acabou” e “Inventando Moda”, além das mais atuais “Oba” e “Mudei de Nome”, música de trabalho com uma letra que exalta a alegria e a espontaneidade da festa. Os trios deste domingo começam a sair bem cedo no Circuito Osmar, às 10h, e a banda Mudei de Nome será a nona atração.

“Todos os anos a gente vem fazendo essa campanha, inovando ao resgatar a mortalha, e o mais interessante da pipoca é que as pessoas que acompanharam o Mudei de Mortalha, que é uma festa nossa pré-carnavalesca, vão para o Carnaval de mortalha. E a gente já tem um público muito bacana que nos curte, um público mais maduro e que curte a festa com muita tranquilidade”, relata Magary Lord.

“Foi no Campo Grande que a pipoca do Mudei de Nome começou e a gente costuma sair cedo, porque a história do Carnaval começa esse horário e, ao longo das nossas apresentações, a gente conta essa história. O público que nos acompanha tem uma memória afetiva musical grande e se reencontra com isso durante a pipoca. Então esperamos um público maior, como tem acontecido, e que façamos essa viagem musical nos divertindo e divertindo as pessoas”, conta Ricardo Chaves.

Barra/Ondina – No Circuito Dodô (Barra/Ondina), a banda Lincoln e Duas Medidas promete agitar com canções coreografadas como “La Raba” (cerca de dez milhões de visualizações no Youtube), “Paredão das Amigas” e as mais atuais “Trenzinho da Sacanagem” e “CarnaVrau”. “Me preparo o ano inteiro para esse momento. Sei o quanto é cansativo, mas eu amo a correria e amo mais ainda levar alegria para as pessoas. Não pensamos apensas em uma música, mas em uma playlist completa que proporcione momentos inesquecíveis e faça a galera se identificar, cantar e dançar enquanto se diverte”, revela Lincoln.

Infantil – Completando 20 anos de história, o bloco Algodão Doce, comandado pela artista Carla Perez, sairá mais uma vez no Carnaval de Salvador na “Pipoca”. O desfile é um presente da Prefeitura para as famílias brincarem na folia e proporciona às crianças uma experiência do verdadeiro Carnaval de rua. Com o tema Circo, a Pipoca do Algodão Doce desfila a partir das 11h. O bloco conta com apresentações de personagens infantis e a participação dos convidados Patati & Patatá e Maria Clara.

Além dessas três bandas, a Prefeitura está patrocinando para esse domingo a pipoca de Nêssa em uma apresentação inédita com Pablo Vittar, Denny Denan, O Poeta, Danniel Vieira, ÀTTØØXXÁ e Psirico. Ao longo do Carnaval, a Prefeitura traz uma média de 200 atrações sem cordas nesse Carnaval. A programação completa pode ser conferida no site curtacarnaval. com. br .

Compartilhar