Ontem, dia 20, a ex-presidente Dilma Rousseff acusou, em sua página no Twitter, culpou Jair Bolsonaro pelos tiros que alvejaram Cid Gomes após o sensdor tentar invadir uma área militar com uma retroescavadeira.

A indisciplina policial, não somente no Ceará, mas em outros estados também é causada pelo presidente:

“Vários estados registram indisciplina e abusos nas PMs, até com o apoio de autoridades (no RJ e SP). Quem atirou no senador sentia-se amparado na autoridade federal que apoia a violência e a elogia.”

Dilma ainda acrescenta a “misoginia” de Bolsonaro como mais um fator para o clima de hostilidade:

“Acrescente-se ainda as manifestações favoráveis à tortura e aos torturadores e a mais descarada misoginia com que as mulheres estão sendo tratadas pelo Presidente, como demonstra seu comportamento para com a deputada Maria do Rosário e com a jornalista Patrícia Campos Mello.”

Compartilhar