Detentos tentaram fugir do Hospital de Custódia e Tratamento (HCT), localizado na Baixa do Fiscal, em Salvador, na madrugada desta segunda-feira, 20.

O local, que é destinado ao cumprimento de medidas de segurança de internação, sofreu tentativa de fuga de cinco internos, sendo que três deles foram localizados por policias penais de plantão e outros dois conseguiram fugir. Cristinoval Pereira Costa e Visley Rocha Alves também estavam internados na Ala D.

De acordo com o Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb), as atuais condições da unidade prisional, como número de Policiais Penais plantonistas extremamente reduzido e abandono das guaritas por policias militares, alegando falta de segurança, facilitam fugas no local.

“As guaritas estão desguarnecidas e a responsabilidade da vigilância perimetral cabe à Polícia Militar e não aos Policiais Penais. Além disso, a falta de monitoramento por câmeras e os muros extremamente baixos são mais fatores que facilitam as recorrentes fugas no HCT”, informou o presidente do Sinspeb, Reivon Pimentel, através de nota.

Compartilhar