O presidente do PT na Bahia, Everaldo Anunciação, avaliou, na manhã desta sexta-feira (4), que a condução coercitiva (quando a pessoa é intimada para prestar depoimento) do ex-presidente Lula pela Polícia Federal é “desnecessária e sensacionalista”.

“Mais um ato absurdo. O presidente Lula e o PT têm prestado todas as informações. E apesar disso somos surpreendidos como esse tipo de atitude desnecessária e sensacionalista”, afirmou. Para o presidente, a condução coercitiva do ex-presidente é uma “estratégia para ressuscitar a tese sem cabimento do impeachment”. “A verdade prevalecerá e o presidente não tem nada a ver com isso”, frisou.

Compartilhar